sexta-feira, 6 de setembro de 2013

placebo


agora eu percebo
o porquê do placebo
essa maçã do amor
colhida na árvore dos desejos

eva, cleopatra, marilyn
o que vocês fizeram para merecer isso?

é como se fosse necessária a dor
como instrumento de percepção
e assim toda felicidade efêmera
fazendo da língua navalha

e percebemos o quanto é volúvel
que estamos numa peça de shakespeare
que morremos de amor porque gostamos
talvez porque a morte seja dona de tudo

Nenhum comentário:

Postar um comentário