quarta-feira, 22 de abril de 2015

cotidiano






a vida se faz do micro pro macro
do embrião ao nascituro
              [ do tijolo ao muro
do bom dia ao como vai
dos pequenos para os grandes momentos

apesar de tudo que as novelas
andam dizendo por aí
não são os gran finales
que trazem luz ao show
eles nada mais são que consequência
do enredo

são os torrões de açúcar do dia-a-dia
que vão torrando nosso azedo
como aqueles olhos que te acordam
ao sentir tua falta logo cedo
que te fazem esquecer o café
e te isolam
do mundo

são os pequenos afagos do cotidiano
que vão criando
                               [ que vão s+o+m+a+n+d+o

o que é bonito
e profundo

mas se eles não vem
tudo vai
               c
               a
               i
               n
               d
               o
               tudo vai sub
                                     traindo

Nenhum comentário:

Postar um comentário