segunda-feira, 15 de junho de 2015

catarse





ausentar-se de vaidade
ausentar-se de mentira
ausentar-se de medo
ausentar-se de segredo

(es)clarecer
desVENDAr-se
des-vender-se
                        [ por tão pouco
libertar-se
catar-se catarse

tudo acontece por um propósito
mesmo que inexplicável a princípio
e daqui apenas levamos
os laços
mesmo que estes sejam nossos
precipícios

laços que embalam
o maior presente a nós ofertado
o nosso próprio livro de histórias
escrito a sangue e a mão
em linhas tortuosas;
talvez um livro de desenho
com letras em múltiplos tons
uma poesia concreta
com dicas entrelinhas
                                     [ discretas
de que Deus talvez seja Carlos Drummond

e eu não verei mais todos os montinhos
que nos separam
como a Cordilheira dos Andes
talvez eu não seja mesmo todo esse J. Pinto Fernandes
talvez eu seja só muito aventureiro
algo como um monge budista
meio Crocodilo Dundee

sábado, 6 de junho de 2015

manifestação







tenho que lhe confessar que ando meio frio
com apreço pelo coração vazio
e toda manifestação de afeto
tem me feito olhar o mundo de costas
mas como é engraçado perceber um sorriso meu
vindo dessa sua
                           [ como um protesto, uma
manifestação
you fly back up inside of me
like a Phoenix